Início / Explorar / Visitar Évora – 10 razões para vir ao Alentejo
Visitar Evora
Praça do Giraldo, centro de Évora

Visitar Évora – 10 razões para vir ao Alentejo

Razões para visitar Évora sempre existiram. Esta cidade foi e será cada vez mais um dos destinos preferidos em Portugal de turistas nacionais e estrangeiros. A página que está prestes a ler contem apenas um dos possíveis top 10 dos motivos que podem levar alguém a visitar Évora nos próximos tempos. Esperamos por si!

Visitar Évora – Localização

Onde fica Évora? No coração do Alentejo a meio caminho entre Lisboa e a região da Estremadura em Espanha.

Ou seja, se não houvesse já razões suficientes para visitar Évora pela beleza da cidade, a sua localização faz dela um ponto de partida ideal para visitar o Alentejo das cidades, vilas e paisagens; provar a sua gastronomia; conhecer a sua história; descansar ou ser radical na planície ou no mar.

Quem viajar em Portugal entre o Algarve e o norte ou entre a região de Lisboa e a Espanha que começa em Badajoz, em direção a Madrid, tem em Évora uma visita obrigatória. Não venha só de passagem e fique uns dias.

Visitar Évora – Património mundial Unesco

Évora foi considerada património mundial pela Unesco em 1986. Segundo a organização, Évora é uma cidade-museu cujas raízes datam dos tempos dos romanos. A era dourada foi no século XVI, quando foi residência de reis portugueses.

Destacam-se nos pormenores da arquitetura as casas brancas, os azulejos e as varandas. Estas características fazem de Évora o melhor exemplo de uma cidade do auge da História de Portugal depois da destruição de Lisboa no terramoto de 1755. Visitar Évora hoje poderá ser uma inspiração. Foi assim no passado, quando ajudou a criar algumas cidades portuguesas no Brasil, como Salvador da Bahia.

Visitar Évora
Praça do Giraldo, centro de Évora

A Unesco refere ainda a muralha, o Aqueduto da Água de Prata, os edifícios medievais como a catedral, os conventos, os palácios, as igrejas, as praças como razões de força para visitar Évora. Venha ver com os seus próprios olhos. Percorra as ruas sozinho ou, melhor ainda, conheça a(s) história(s) da cidade numa visita guiada em Évora.

Visitar Évora – Cultura

A oferta cultural em Évora não se resume aos vestígios do passado, embora lugares como o Colégio do Espírito Santo (Universidade de Évora) ou a Rota do Fresco que nos leva a conhecer o período barroco em Évora sejam, só por si, convites irrecusáveis.

Cada vez mais museus e outros pontos de interesse a nível cultural têm nascido em Évora, tornando-a um lugar fantástico para visitar mesmo quando o calor, o frio ou a chuva apertam.

Edifícios como o bonito Teatro Garcia de Resende e outros recebem eventos de teatro, marionetas, gravuras, curtas-metragens,… O Conservatório Regional de Évora, Eborae Música, organiza frequentemente espetáculos de música clássica.

Visitar Evora
Colégio do Espírito Santo, Universidade de Évora

O Museu de Évora expõe permanentemente uma coleção de arqueologia, arte e o espólio dos conventos de Évora, para além de apresentar também exposições temporários sobre diversos temas.

O recém-inaugurado Fórum da Fundação Eugénio de Almeida está ao nível de muitos espaços semelhantes que tenho encontrado em grandes cidades europeias. Bom gosto das exposições temporárias aliado à arquitetura e passado forte do edifício usado como Palácio da Inquisição.

Para quem encontra na cultura um motivo para visitar Évora, não deixe de conhecer o Museu de Arte Sacra da Sé de Évora, o Centro de Artes Tradicionais (antigo Museu do Artesanato), o Museu de Carruagens e outros pequenos espaços fáceis de encontrar e conhecer. Para se apaixonar ainda mais pelo Alentejo.

Visitar Évora – Gastronomia e Vinhos

Comer e beber bem devem estar no topo das prioridades de quem visitar Évora. A gastronomia do Alentejo é das mais ricas de Portugal, uma digna representante da dieta mediterrânea.

Comer à alentejana

Em Évora e arredores é fácil encontrar um restaurante para provar pitéus acompanhados pelos excelentes vinhos da região. Entre muitas delícias da gastronomia alentejana tradicional, destacam-se as seguintes, quase sempre temperados com os condimentos que crescem no Alentejo (coentros, hortelã, poejos, orégãos, azeite, alho, cebola, louro,…).

  • Entradas: queijos curados, enchidos, azeitonas, presunto.
  • Sopas: toucinho, cação, beldroegas, tomate.
  • Pratos principais: ensopado de borrego, cabeça de xara, pezinhos de porco de coentrada, açorda à alentejana, gaspacho à alentejana, migas com carne de porco, sargalheta, pratos de caça.
  • Sobremesas: trouxas de ovos, pão de ló, queijadas de Évora, filhós enroladas, queijadas de requeijão, bolo de mel, queijinhos do céu de Mora, pastéis de toucinho de Arraiolos, pão de rala, sericaia e outros doces de ovos, amêndoa e chila.

Não se esqueça de provar o pão alentejano, denso e saboroso, à refeição ou numa sandes a meio do dia. Nas pastelarias e cafés, escolha um ou dois bolos da riquíssima pastelaria portuguesa e/ou uma empada de galinha.

Muitas das iguarias que lhe sugiro aqui só estão disponíveis em determinadas estações do ano. Isto significa que, para provar tudo, vai ter que voltar para visitar Évora. Porque não entre janeiro e abril, para seguir o evento Rota de Sabores Tradicionais em restaurantes, pastelarias e lojas gourmet? O palato agradece.

Visitar Évora – Beber vinho alentejano

São tantas como cinco (de oito) as sub-regiões vitivinícolas do Alentejo que se podem encontrar na Região de Turismo de Évora. Isto significa que poderá provar excelentes vinhos alentejanos com a designação V.Q.P.R.D. (Vinho de Qualidade Produzido em Região Demarcada) produzidos nesta ou noutra região de Portugal num dos wine bars ou em qualquer restaurante da cidade.

Os vinhos que as castas de Évora nos dão são os Pêra Manca, Cartuxa e Monte dos Pinheiros, provenientes da Adega da Cartuxa. Esta faz parte da Rota dos Vinhos do Alentejo, que leva qualquer apreciador da bebida a conhecer adegas e provar vinhos por todo o Alentejo. Mais uma razão para conduzir pelas planícies alentejanas. Se estiver em Évora, não deixe de visitar o espaço dos Vinhos do Alentejo. Aceite o convite e aprenda sobre castas e enoturismo no Alentejo enquanto faz uma prova gratuita.

Visitar Évora – Monumentos megalíticos

Desde a pré-história que os homens se têm vindo a fixar na região de Évora devido às suas características naturais. Por isso, mais uma razão para visitar Évora é o seu passado longínquo, que faz dela a Capital do Magalitismo Ibérico.

Lugares como a Anta Grande do Zambujeiro, o Cromeleque dos Almendres e o Menir dos Almendres são apenas alguns dos vestígios pré-históricos bem perto da cidade que fazem parte do Circuito Megalítico de Évora, mais um dos pontos de interesse em Évora. Para os complementar, não deixe de visitar o centro interpretativo Megalithica Ebora, no Convento dos Remédios, onde poderá ficar a conhecer duas épocas essenciais para a formação da cidade, o período megalítico e o período romano.

Visitar Évora – Tranquilidade

Évora e todo o Alentejo convidam quem busca tranquilidade a uma visita. Demorada e sem preocupações, como convém. Visitar Évora e o seu centro histórico sem pressas é uma experiência para se viver sozinho, em família ou num momento romântico.

Visitar Évora
Esplanada na Praça do Sertório

Qualquer que seja o seu objetivo em visitar Évora, o ritmo ideal leva-o a percorrer ruas e ruelas de máquina fotográfica no olho, de mão dada ou de olho descontraído nos miúdos. O ritmo é alentejano. Devagar, devagarinho… Com paragem em esplanadas ou bancos de rua para ver o tempo a passar.

Visitar Évora – Aventura

Os viajantes que procuram emoções mais fortes não costumam pensar em Évora ou no Alentejo como destino. Está na altura de conhecerem o Alentejo ativo. Apertem os cintos ou os coletes salva-vidas! Ponham os capacetes!

  • Paraquedismo no Aeródromo de Évora – cursos de paraquedismo, saltos de tandem ou saltos autónomos
  • Karting no Karting de Évora – aluguer de karts individuais ou provas de grupos
  • Percursos pedestres ou de BTT – traga ou alugue uma bicicleta para visitar os campos ou percorra-os a pé
  • Albufeiras e barragens – aprenda ou pratique desportos náuticos como vela, canoagem, remo, natação, ski aquático, windsurf, jetski, andar de barco, pesca,…
  • Orientação – aventure-se no Alentejo profundo

Visitar Évora – Artesanato do Alentejo

Cresci a ver objetos tradicionais a ser utilizados nas casas dos meus avós. Todos tinham e têm uma utilidade. Mas também são a recordação perfeita para levar para casa depois de visitar Évora e uma forma de apreciar a arte que mostra uma forma de vida de antigamente.

De todas as belas peças que vai encontrar no Museu do Artesanato e do Design de Évora e nas muitas lojas de artesanato da cidade, destacam-se as feitas em barro, ferro, cortiça, couro, pele e corno. Também as louças, as rendas, bordados e tapeçarias. Sem esquecer o mobiliário típico do Alentejo.

Para além do tradicional artesanato alentejano, hoje em dia, há artistas que combinam o antigo com o moderno duma forma única. Pontos de interesse em Évora há muitos. Seja original e, novo ou antigo, leve para casa um pedaço da cidade e do Alentejo.

Visitar Évora – Natureza

Assim que passar a tabuleta que indica a saída de Évora, vai entrar em estradas de retas longas com paisagens a perder de vista. Campos de videiras, oliveiras, sobreiros e azinheiras. Terras cultivadas com vegetais ou cereais.

Mais uma vez, Évora é o lugar perfeito para servir de base para desfrutar da natureza que o Alentejo nos oferece.

  • Balonismo: sabia que o Alentejo é dos poucos lugares da Europa onde é possível voar de balão durante todo o ano? Veja tudo lá de cima. Sem barulho. Sem pressas.
  • Observação de estrelas: a Reserva Dark Sky Alqueva é a primeira do mundo com a Certificação Starlight Tourism Destination atribuída pela Unesco e pela Organização Mundial do Turismo. As noites escuras longe das grandes cidades, fazem do Alentejo o melhor lugar do planeta para observar os céus à noite.
  • Birdwatching: patos, gansos, perdizes, codornizes, cegonhas, rapinas e dezenas de outras aves escolheram Évora e o Alentejo para viver. Observá-las é fácil, de forma independente ou acompanhado por uma empresa especializada. Para visitar Évora e o Alentejo com os olhos postos nos céus.
  • Caminhadas e BTT: Use os Percursos Ambientais de Évora para descontraidamente apreciar a natureza pura, sem poluição.
  • Jardim Público de Évora: Não deixe de visitar o jardim, um lugar muito agradável para se refrescar numa esplanada de verão, fazer um piquenique na mata ou na relva ou ver os seus filhos a brincar na Ludoteca e no Parque Infantil. Tudo isto rodeado de árvores, flores e com as Muralhas de Évora, o Palácio de D. Manuel e as Ruínas Fingidas ali ao lado.
Visitar Evora
Jardim Público de Évora

Visitar Évora – Diversão noturna

Évora é uma cidade universitária. Isto significa que também convida jovens e menos jovens a divertir-se depois do sol se pôr. Durante os meses frios, bares e discotecas cheios de energia recebem as festas dos estudantes durante os dias de semana. Ao fim de semana, a animação continua.

No verão, o calor faz-se sentir mesmo à noite. Mais vale refrescar o corpo e a garganta numa das muitas esplanadas espalhadas pelo centro histórico de Évora. Bares e wine bars também saem à rua nos meses de calor. Sair à noite em Évora? Claro!

Sente-se um pouco perdido com tantas opções? Veja a nossa oferta de tours em Évora e no Alentejo. Deixe-se guiar por nós.

Booking.com

Veja também

evora vestigios romanos

Vestígios Romanos em Évora

Haver vestígios romanos em Évora não é algo que surpreenda. Sabia que, durante a época …