Início / Guia prático / Cultura / Centro de Arte e Cultura Eugénio de Almeida
Forum Fundacao Eugenio Almeida Evora
Edifício do Fórum Eugénio de Almeida

Centro de Arte e Cultura Eugénio de Almeida

Há muitas razões para visitar Évora, quase todas relacionadas com o património histórico que a tornaram património mundial, no centro da natureza fantástica do Alentejo e da sua gastronomia e produção vitivinícola.

Mas a modernidade também existe em Évora. O Centro de Arte e Cultura Eugénio de Almeida é um espaço renovado destinado às artes e à cultura. Abriu em julho de 2013, depois duma remodelação total do antigo Palácio da Inquisição. O edifício inclui também as bonitas Casas Pintadas e o Fórum Eugénio de Almeida.

As exposições centram-se essencialmente na arte contemporânea. Para além disso, há também um foco nos projetos performativos e nos programas pedagógicos destinados a públicos distintos. O objetivo destes é sensibilizar e motivar para as artes.

Em dois andares, o Centro de Arte e Cultura Eugénio de Almeida apresenta exposições temporárias por belas salas modernas ao longo de 1200 m2. Para além deste espaço, existem ainda outras duas salas para mostrar as últimas tendências, projetos experimentais,…

No exterior do edifício, encontramos o Páteo de Honra, o Jardim Norte e o Jardim das Casas Pintadas. Este último possui uma galeria com uma pintura mural palaciana da segunda metade do século XVI única no país.

No Centro de Arte e Cultura Eugénio de Almeida, a arquitetura e as exposições estão ao nível das melhores casas de cultura e museus que tenho encontrado na Europa. Fiquei bastante bem impressionado nas minhas primeiras visitas.

Forum Eugenio Almeida Evora
A entrada e o busto de Eugénio de Almeida

Exposições atualmente no Centro de Arte e Cultura Eugénio de Almeida

Prece Geral – Daniel Blaufuks
(07-11-2015 – 10-01-2016)

Trata-se do início do projeto Re-inventar a Memória, que pretende encorajar novos entendimentos entre a Fundação Eugénio de Almeida e o património de Évora.

Ah, Finalmente, Natureza! – Gabriela Albergaria
(19-09-2015 – 09-01-2016)

Exposição da artista Gabriela Albergaria, curada por José Roca. Associa a Colômbia com Portugal através da invocação de diferentes culturas vernacularizes e o artesanato.

Departamento dos Futuros Abandonados – Joachim Koester
(19-09-2015 – 09-01-2016)

Desde meados da década de 1990, estes trabalhos de Joachim Koester fazem a fusão entre a investigação jornalística e histórica com o pessoal e as narrativas fictícias.

Micro-eventos ou a possibilidade de nos equivocarmos – Nicolás Paris
(18-04-2015 – 18-04-2016)

Nicolás Paris, artista colombiano de renome, fará intervenções mensais no interior do edifício do Centro de Arte e Cultura Eugénio de Almeida, questionando assim a forma como o lugar é habitado. O uso do espaço reinventado em micro-eventos.

Centro de Arte e Cultura Eugénio de Almeida, Évora

Centro de Arte e Cultura Eugénio de Almeida, Évora - Informações
LocalizaçãoHorárioPreço
Morada: Largo do Conde de Vila Flor (junto ao Museu de Évora, à Sé Catedral de Évora e ao Templo Romano)
outubro-abril 10h00-18h00, maio-setembro 10h00-19h00 (encerra à segunda-feira)
4€ (50% de desconto para visitantes com +65 anos, estudantes, Portadores de Cartão Jovem, Grupos organizados de entidades de Solidariedade Social; entrada livre ao domingo, crianças e jovens até aos 18 anos quando acompanhados por familiar, colaboradores FEA, membros ICOM, ICOMOS, APOM, AICA, imprensa

O Centro de Arte e Cultura Eugénio de Almeida inclui uma cafetaria e uma loja com artigos de extremo bom gosto. Depois de visitar o edifício e as suas exposições, não deixe também de conhecer o fantástico restaurante e o wine bar. É de sensações que são feitas as viagens a Évora.

Hotel Evora