Início / Explorar / Atividades / Feira de São João Évora, festa popular
Feira de sao Joao evora
Feira de São João, Évora

Feira de São João Évora, festa popular

A Feira de São João é uma festa popular que se celebra em Évora, todos os anos, no Rossio de São Brás. Há mais de 500 anos que esta feira se realiza em Évora e é quase obrigatório que qualquer eborense a visite, pelo menos, uma vez por ano (há quem vá todos os dias).

Lembro-me de passar por lá com os meus pais desde bem pequeno e estar sempre ansioso para que chegasse o mês de junho e eu poder ir à feira.

Mas quem estiver a visitar Évora enquanto turista também tem muitas razões para conhecer a Feira de São João. Para além das tradicionais barracas e carrosséis que se encontram em qualquer festa popular por Portugal, andar a pé pelo Rossio de São Brás no final de junho vai dar a conhecer o artesanato do Alentejo, as atividades económicas, a comida alentejana,…

  • Divirta-se nas tasquinhas
  • Leve o seu filho ao parque infantil (aberto à noite só durante o período da feira) para brincar nos baloiços, escorregas e insufláveis
  • Ande nos carrosséis
  • Visite os expositores dos diversos municípios do Alentejo e de instituições como a Universidade de Évora
  • Assista a concertos
  • Prove a comida (e a bebida)
  • Compre artesanato e outras peças de arte

Acima de tudo, desfrute do que é fazer parte da Feira de São João, que tem um significado histórico tão grande na vida de Évora.

História da Feira de São João, Évora

A Feira de São João existe com este nome desde 1569 mas já antes se realizavam outras feiras no Rossio de São Brás em Évora: Feira de Santiago (1275), Feira Franqueada (desde 1286), Feira dos Pucarinhos ou das Candeias (1525), Feira dos Estudantes (1569), Feira dos Ramos (1839), Feira Nova de S. Cipriano (desde 1900).

A primeira Feira de São João realizou-se no maior espaço aberto de Évora, o Rossio de São Brás, no dia 24 de Junho de 1569. Anos mais tarde, em 1574, surge o alvará de D. Sebastião que regulamentava que a feira decorresse sempre no espaço onde ainda se realiza.

Naquela altura, como hoje ainda um pouco, a Feira de São João era composta por tendas de mercadores e ofícios como ourives do ouro e da prata, cirgueiros, cerieiros, caldeireiros, curtidores de courama, mercadores de panos de cor, oleiros da loiça, filateiros das fiações, sapateiros, tecelões, etc.

Por altura desta festa, a movimentação de pessoas em Évora era enorme, ocupando em pleno as estalagens e, mais tarde, os hotéis em Évora.

Quem visitava a feira desfilavam as roupas da moda da altura. De Lisboa e das cidades do Alentejo chegavam comboios fretados. A polícia patrulhava as ruas, por onde circulavam carretas e carros de canudo alentejanos transportando mercadorias e visitantes.

Em termos económicos, a importância do evento era enorme para o sul de Portugal. Mais ainda em relação ao comércio de gado. Aqui se regulava o preço dos produtos agrícolas e pecuários. Era na Feira de São João que se mostravam os produtos produzidos por todo o Alentejo.

Para além da atividade económica, também havia na Feira de São João imensos momentos de diversão para os eborenses e todos os visitantes da cidade de Évora. Ao longo dos dias, animavam a feira touradas e cavalhadas, circos, teatro e Robertos, barracas de jogos pim pam pum, barracas de fotógrafos e os Museus Científicos, Animatógrafos, barracas de répteis e outros fenómenos.

A música também contribuía para o entusiasmo dos visitantes, marcando sempre presença as Filarmónicas Civis e as Bandas Militares dos Regimentos. E não podemos esquecer o fogo de artifício.

Feira Sao Joao Evora
Cartaz antigo da Feira de São João em Évora
Sendo Évora a segunda cidade do reino de Portugal durante tanto tempo, não admira que a própria família real chegasse também a visitar a feira. D. Carlos de Bragança e D. Amélia de Orleans passaram por lá em 1889 e 1903.

Com o passar dos tempos, apesar do caráter popular não se ter alterado, a Feira de São João de Évora sofreu algumas mudanças. Durante o Estado Novo, após 1940, serviu para reforçar a portugalidade, com os cortejos do Trajo e outras manifestações que transmitissem a ideia de Pátria unida, mesmo imperial. Depois do 25 de Abril de 1974, a feira foi-se modernizando e as atividades económicas passaram a ter destaque.

A importância da Feira de São João para Évora tem sido tal que, em meados do século XX, o feriado municipal foi fixado no dia 29 de junho (Dia de São Pedro), por ser este o último dia da Feira de São João.

Visitar a Feira de São João, Évora

O Rossio de São Brás é muito fácil de encontrar durante o período da feira. Basta seguir o som que se ouve. Se estiver na Praça do Giraldo, basta descer a Rua da República, a das arcadas ao lado da agência do Banco de Portugal.

Apesar de algumas partes da Feira de São João estarem abertas durante a tarde, o melhor é mesmo ir à noite porque o clima em Évora no princípio do verão já traz muito calor durante o dia. Se quiser fugir às alturas em que há mais visitantes, sugiro que chegue logo no fim da tarde.

Grande parte das atrações estão abertas entre as 18h e as 24h. Mas depois da meia-noite ainda há diversão nas barracas de comes e bebes. Depois do encerramento, o caminho mais natural é o dos bares e discotecas de Évora.

Programa Feira de São João Évora 2017

A edição 2017 da Feira de São João em Évora irá decorrer de 23 de junho (sexta-feira) a 2 de julho (domingo). Este ano esperam-nos as habituais zonas de exposições, artesanato, comerciais, comes e bebes, stands, diversões populares, desporto.

Para agradar a todos os tipos de público, a Câmara Municipal de Évora costuma dedicar diferentes espaços para desfrutar da feira. Ao longo de toda a edição de 2107 haverá colóquios, conferências e seminários sobre diversos temas, com destaque óbvio para o Alentejo.

Entre espetáculos de música, dança e workshops, o Espaço Criança terá disponíveis em permanência as seguintes atividades.

  • Atividades de expressão plástica, jogos e atividades lúdicas
  • Atividades de jogos e baile na Ludoteca
  • Insuflável e trampolim
  • Circuito de prevenção rodoviária

Na programação do Espaço Jovem da Feira de S. João de Évora 2017, as artes estarão em destaque. Mas haverá também outro tipo de atividades. Fique aqui com uma pequena ideia.

  • Exposições
  • Cinema
  • Puzzle Room – Vamos jogar!!!
  • Tenda de jogos eletrónicos
  • Ginástica artística
  • Danças Sevilhanas e Flamenco
  • Atuações musicais: Pop, Rock, Clássica, Hip Hop, Popular, Fado, Académica, DJ Sets

No Palco Principal da Feira de São João de 2017, no Jardim Público, os espetáculos decorreram diariamente às 22h.

  • 23 junho – Gabriel “O Pensador”
  • 24 junho – Danças Ocultas
  • 25 junho – Rogério Charraz & os Irrevogáveis
  • 26 junho – Vento Suão
  • 27 junho – Oquestrada
  • 28 junho – Patxi Andion
  • 29 junho – “Cante d’Alma” – Há Música em Évora
  • 30 junho – Brigada Victor Jara
  • 01 julho – Concerto de bandas: Associação Filarmónica “Liberalitas Júlia” e Escola de Música do Centro Cultural de Alandroal
  • 02 julho – José Barros e Navegantes com Isabel Silvestre

Sejam quais forem os seus interesses, a Feira de São João de Évora edição 2017 será um bom motivo para sair de casa e encontrar amigos neste espaço popular com uma história de mais de 5 séculos. A feira pode ser mesmo apenas o início da sua saída à noite em Évora

Faça o seu próprio programa e venha visitar Évora.

Booking.com