Início / Explorar / Igreja do Carmo em Évora
igreja carmo evora porta
Porta dos Nós da Igreja do Carmo

Igreja do Carmo em Évora

igreja carmo evora
Pátio da Igreja do Carmo
A magnífica e imponente Igreja de Nossa Senhora do Carmo, antiga igreja do Convento do Carmo, é ponto de visita obrigatório em Évora, situando-se entre o Largo da Porta de Moura e a Rua D. Augusto Eduardo Nunes (antiga Rua da Mesquita).

Este autêntico portento religioso, cuja história de sofrimento, perda e redenção se entrelaça com a riqueza arquitetónica e o simbolismo patriótico de ser português, merece ser explorado e apreciado com tempo e gosto. Esta igreja é um esplêndido monumento a conhecer, sem dúvida!

Igreja do Carmo em Évora – história

O Convento do Carmo da cidade de Évora foi originalmente erigido na Porta da Lagoa em 1531, pelos Frades Carmelitas Calçados da Ordem Religiosa do Carmo. Frei Baltazar Limpo, Vigário Geral e Reformador da Ordem do Carmo em Portugal, decide construir este Convento após lhe ser doada a Ermida de S. Tomé.

Em 1663, o Convento do Carmo é destruído por fogo durante a Guerra da Restauração, aquando do cerco a Évora pelos Castelhanos. Conseguindo fugir apenas com a imagem da Nossa Senhora do Carmo, os padres devotos da santa refugiam-se onde lhes dão guarida – em casas particulares e moradias espalhadas por Évora.

igreja carmo evora porta
Porta dos Nós da Igreja do Carmo
Dois anos após a destruição do Convento do Carmo, em 1665, o então Rei D. João VI acaba por doar o Paço da Casa de Bragança, no Largo da Porta de Moura, aos Frades Carmelitas Calçados, desde que o famoso Portal dos Nós seja preservado em toda a sua glória. Em 1670, esta ordem Carmelitana inicia a construção do novo Convento e Igreja de Nossa Senhora do Carmo neste local, dando-se a sagração da Igreja em 1691.

Quando descemos as escadas desde o plano da rua até à Igreja de Nossa Senhora do Carmo, é impossível não reparar no trabalho intrincado do portão de granito, que apresenta as armas da Ordem do Carmo. A fabulosa escadaria dá acesso ao pátio em granito regional e ao extraordinário Portal dos Nós. 

Esta esplêndida porta é feita de troncos de granito entrelaçados por nós assentes em colunas salomónicas. Criado pelo arquiteto Diogo de Arruda em 1525, reza a lenda que este belíssimo símbolo da Casa de Bragança assumiu um significado histórico adicional ao representar o corte com o “nó” que nos ligava à dinastia Filipina. A inscrição no brasão ducal de D. Jaime de Bragança, “Depois de Vós, Nós”, ganha, assim, uma faceta premonitória de recuperação do trono de Portugal aos Espanhóis.

Igreja do Carmo em Évora – interior

igreja carmo evora
Interior da igreja
O interior da Igreja da Nossa Senhora do Carmo possui diversos e singulares pontos de interesse arquitetónico que não pode perder, acredite! A sua ampla nave, de abóbada de berço, com seis capelas laterais, coro-alto e galerias por onde entra a luz que a ilumina. A enorme cúpula octogonal que cobre o cruzeiro. Os três monumentais altares em talha dourada que representam épocas diferentes da arte portuguesa: o altar de Nossa Senhora da Piedade, à esquerda, pertencente ao reinado de D. Pedro II; o altar do Santíssimo Sacramento, à direita, em estilo barroco-rococó; e o altar-mor, de estilo joanino, onde ainda é venerada a imagem da Nossa Senhora do Carmo, a mesma que foi salva do fogo que consumiu o Convento pelos Frades Carmelitas Calçados.

O novo Convento do Carmo, construído pela Ordem Religiosa do Carmo no Paço da Casa de Bragança, foi extinto em 1834, tendo, desde então, desempenhado diversas funções distintas. Entre 1896 e 1910 foi sede do Colégio das Irmãs Doroteias, passando a residência Arquiepiscopal em 1914.

igreja carmo evora cruz
Cruz na Igreja do Carmo
Em 1990, é arrendado à Universidade de Évora para instalação dos Departamentos de Música e Teatro, que ainda lá funcionam atualmente. Já a Igreja de Nossa Senhora do Carmo é a sede paroquial da Sé de Évora desde 16 de julho de 1943, por ordem do Arcebispo D. Manuel da Conceição Santos, o que demonstra claramente a importância vital deste local de devoção católica.

Mas muito para além do seu significado religioso, estão a extraordinária beleza e majestoso esplendor desta fenomenal construção, situada no coração de Évora e que o deixará absolutamente deslumbrado. Por isso, comece já a planear a sua próxima escapadinha a Évora e não se esqueça de assinalar a sua visita à Igreja de Nossa Senhora do Carmo como imprescindível!

Booking.com

Veja também

igreja senhor jesus pobreza evora

Igreja do Senhor Jesus da Pobreza em Évora

A Igreja do Senhor Jesus da Pobreza, classificada como um dos Monumentos Nacionais do Património …