Início / Explorar / Igreja do Espírito Santo
Igreja Espirito Santo Evora
Pormenor duma capela

Igreja do Espírito Santo

Igreja Espirito Santo Evora
Fachada da Igreja do Espírito Santo
A Igreja do Espírito Santo de Évora, monumento religioso, fica no Largo dos Colegiais. É uma igreja magnífica, como tantas outras em Évora, estando ligada à fundação do Colégio do Espírito Santo, da Companhia de Jesus.

Encontra-se, por isso, unida ao edifício principal da Universidade de Évora. É nesta igreja que se encontra um dos mais importantes marcos artísticos da presença daquela companhia em Portugal.

O Colégio do Espírito Santo foi construído na segunda metade do século XVI, mais precisamente em 1559. Sete anos mais tarde, em 1566, teve início a construção da Igreja do Espírito Santo. Na base da sua construção esteve a vontade do Cardeal-Infante D. Henrique, então Arcebispo de Évora, em levar a toda a população a voz dos famosos pregadores daquele tempo.

A obra, marcada pelo estilo usado em várias campanhas da Companhia de Jesus, ficaria concluída em 1572 mas a sagração solene só aconteceria no Domingo de Páscoa do ano de 1574. A Igreja do Espírito Santo é o primeiro exemplo do chamado “estilo chão” e viria a servir de modelo a muitas outras igrejas de colégios jesuítas espalhados por Portugal, pelas Ilhas e pelo Brasil.

Igreja Espirito Santo Evora
Vista geral do interior da Igreja
Fisicamente, a igreja tem um aspeto pesado e imponente, o que se pode observar melhor desde a fonte do centro do Largo dos Colegiais. A entrada na igreja é feita por um pórtico, também ele imponente, constituído por sete arcadas redondas de granito.

No seu interior, de planta retangular tipicamente jesuíta, podemos ver um espaço bem iluminado por galerias altas, onde os estudantes da Universidade participavam em cerimónias solenes. A nave é única, em cruz latina. Existem também dez capelas laterais cuja decoração é bastante luxuosa, como se pode verificar pela grande utilização de talha dourada.

Daquelas dez capelas da Igreja do Espírito Santo de Évora destacam-se as seguintes: Capela de Santo Inácio de Loyola, Capela do Senhor Jesus dos Queimados e Capela da Irmandade do Senhor Jesus dos Passos da Cidade de Évora.

Na Capela do Senhor Jesus dos Queimados conserva-se ainda o crucifixo que era dado a beijar aos condenados da Inquisição. Já a Capela da Irmandade do Senhor Jesus dos Passos da Cidade de Évora, originária do Convento da Graça, foi trazida para a Igreja do Espírito Santo em 1845, após a profanação daquele convento. Esta capela é embelezada por coloridos mármores embutidos.

Igreja Espirito Santo Evora
Pormenor duma capela
No cruzeiro, do lado esquerdo, encontra-se a arca sepulcral que foi mandada construir pelo Cardeal D. Henrique, que mais tarde viria a ser Rei de Portugal. Esta arca tinha como propósito guardar as ossadas do seu idealizador. No entanto, encontra-se vazia uma vez que o mesmo está sepultado no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa.

Quando passar por Évora, e sendo um visitante curioso e disposto a saber mais, não ficará desiludido se, numa tarde de passeio, acrescentar uma visita a esta bela igreja, logo seguida de uma outra visita à Universidade. Pode, assim, aliar o culto da religião ao culto do saber. Só tem que descer uns degraus!

Booking.com

Veja também

romanos evora casa burgos

Vestígios Romanos em Évora

Haver vestígios romanos em Évora não é algo que surpreenda. Sabia que, durante a época …