Início / Os Nossos Tours / Roteiro dos Castelos do Alentejo, tour com guia
tour alentejo castelos
Tour no Alentejo, visitar castelos encantadores

Roteiro dos Castelos do Alentejo, tour com guia

O Roteiro dos Castelos do Alentejo é a forma perfeita para conhecer a história do Alentejo, viva ainda hoje através das fortificações que defenderam o território de potenciais invasores desde o topo dos montes. Mas a rota que aqui lhe apresentamos também se caracteriza por mostrar a bonita paisagem alentejana a perder de vista enquanto fazemos os caminhos que ligam as diversas povoações fortificadas.

A nossa visita guiada no Alentejo leva-o a explorar castelos construídos há centenas de anos mas onde ainda hoje vivem pessoas orgulhosas da sua terra. Este tour é, por isso, perfeito para quem quer fazer um passeio histórico no Alentejo em que se visitam monumentos importantes em Portugal mas também se encontram as simpáticas gentes do Alentejo.

circuito alentejo
Circuito no Alentejo – espreite destas janelas

Se tem apenas um dia para conhecer esta parte do Alentejo, uma rota assim é o ideal para si. Faça connosco o circuito ao nosso próprio ritmo, com um guia que também é um sabedor companheiro de viagem. Apresentamos-lhe o Alentejo de que sempre ouviu falar e explicamos-lhe no local os testemunhos da sua História e cultura.

Itinerário do Roteiro dos Castelos do Alentejo

Évora – Arraiolos – Evoramonte – Estremoz – Borba – Vila Viçosa – Alandroal – Redondo – Valongo – Regresso ao ponto de partida

Percurso de aproximadamente 170 quilómetros

tour castelos alentejo
Mapa da visita guiada no Alentejo

As visitas do Roteiro dos Castelos do Alentejo

Ainda que possa haver bastante para fazer nestas povoações do Alentejo, este tour pretende dar a conhecer, sobretudo, os seus castelos. Este é o nosso percurso um pouco mais detalhado para que possa ter noção do que vai poder ver.

visita alentejo guia
Os campos alentejanos do topo de Evoramonte

Castelo de Évora

Em Évora, considerada Património Mundial pela UNESCO, visitamos parte das três muralhas que a protegeram em momentos distintos da sua história. Dentro delas se abrigaram romanos, visigodos e árabes. D. Afonso Henriques ultrapassou-as… e os muçulmanos voltaram a tomá-las até que o famoso Geraldo Sem Pavor fez segunda reconquista em 1165.

Muralhas posteriores viriam ser construídas para proteger a corte de Portugal, que se instalou em Évora durante algum tempo. Já no século XVII, alguma remodelação e modernização trouxe torres, portas e muralhas que ainda hoje fazem parte do dia-a-dia dos habitantes da cidade.

Castelo de Arraiolos

Este castelo terá sido construído durante o reinado de D. Dinis, cerca de 1310, e poucos anos depois foi doado a D. Nuno Álvares Pereira, a quem foi concedido o título de Conde de Arraiolos. A fortificação foi remodelada durante a época da Restauração da Independência mas foi abandonada mais tarde e sofreu graves danos no terramoto de 1755.

tour castelo arraiolos
Tour Alentejo – Castelo de Arraiolos

A classificação como Monumento Nacional, em 1910, traria obras de recuperação. O Castelo de Arraiolos tem a originalidade de estar envolvido por uma muralha de forma elíptica, a partir da qual se avistam os campos alentejanos por quilómetros em redor.

Castelo de Evoramonte

Sabemos do castelo de Evoramonte (ou Évora Monte) apenas por volta de 1160, por altura da reconquista cristã. Este foi o domínio do condestável D. Nuno Álvares Pereira, figura distinta da história de Portugal. Um terramoto em 1531 obrigou ao reforço das muralhas, tendo-se aproveitado para que a sua estrutura se assemelhasse à linha dos palácios acastelados do Renascimento.

roteiro evora monte alentejo
Tour Alentejo – Castelo de Evoramonte

Em 1834, viria a ser palco da assinatura da Convenção de Evoramonte, que concederia a vitória a D. Pedro na guerra civil entre absolutistas e liberais que decorreu de 1832 a 1834. O castelo de Evoramonte faz hoje parte do património da Casa de Bragança. A Torre no ponto mais alto da colina, correspondente ao Paço Ducal, é o seu ex-libris.

Castelo de Estremoz

Construído no século XII, ainda que já devesse ter havido aqui fortificação desde o tempo dos romanos, passou sucessivamente de mãos entre cristãos e muçulmanos até ao reinado de D. Sancho II. Nesta altura, houve obras de reconstrução. Mais tarde, com D. Dinis, foi edificado também o Paço Real. Por este lugar passaram notáveis figuras da história de Portugal. A Rainha Santa Isabel, aqui falecida em 1336, terá aqui feito o milagre das rosas. D. Nuno Álvares Pereira tornou o castelo o seu quartel-general. Os reis D. João I e D. Afonso V realizaram reuniões de cortes. Foi também neste local, em 1497, que D. Manuel entregou a Vasco da Gama o comando da esquadra que chegaria à Índia.

roteiro estremoz alentejo
Tour Alentejo – Castelo de Estremoz

Quanto à fortificação em si, uma explosão do depósito de munições destruiu grande parte em 1698. Com a reconstrução, em 1740, D. João V mandou construir uma magnífica Sala de Armas, que viria a ser saqueada durante as invasões francesas de 1800. Atualmente, o antigo Paço Real funciona como uma pousada, que está parcialmente aberta ao público. Lá perto encontramos uma estátua da Rainha Santa Isabel, de onde se avista ao longe a Serra d’Ossa.

circuito alentejo estremoz
Tour Alentejo – vista desde o Castelo de Estremoz

Castelo de Vila Viçosa

A história deste lugar, um dos mais importantes do Roteiro dos Castelos do Alentejo, é longa. Vila Viçosa foi conquistada para o reino de Portugal em 1217, após séculos de ocupação romana e muçulmana. Já no século XIV, o Castelo de Vila Viçosa é mandado construir por D. Dinis, tendo sido mais tarde melhorado por D. Fernando I.

rota castelos alentejo
Tour Alentejo – Castelo de Vila Viçosa

Como gratificação pelos serviços prestados por ocasião da crise de 1383-1385, D. João I oferece-o a D. Nuno Álvares Pereira. Alguns anos depois, em 1422, seria construído o paço deste castelo, por ordem dos duques de Bragança. Estes novos proprietários viriam a ter a vila como sede do Ducado de Bragança, o maior de toda a Península Ibérica durante o domínio filipino. Com a ascensão ao trono de Portugal de D. João IV, anteriormente D. João II Duque de Bragança, Vila Viçosa perdeu alguma importância mas tornou-se a residência real de férias.

No que diz respeito ao castelo, a partir do século XVI, assume funções exclusivamente militares, pelo que são realizadas alterações profundas. O seu traçado passou então a ser o de um castelo artilheiro, único em Portugal, desenhado pelo mesmo arquiteto responsável pela Fortaleza de Mazagão, no norte de África (Benedetto da Ravenna). No período da Restauração, adapta-se a fortificação às necessidades defensivas da época adicionando um sistema estrelado poligonal e reforçando os muros da cidadela. E outra vez seria reforçado em 1662.

tour vila vicosa
Tour Alentejo – interior do Castelo de Vila Viçosa

No século passado, anos 30/40, levaram-se a cabo obras de restauração das muralhas e, desde aí, outras foram promovidas pela Fundação da Casa de Bragança. No interior do Castelo de Vila Viçosa encontramos a Igreja Matriz, o Museu de Arqueologia e o Museu da Caça. Uma das portas tem vista sobre a bonita Praça da República, a mais importante da vila.

Castelo de Alandroal

A povoação de Alandroal foi fundada em 1298, no reinado de D. Dinis, passando a ser considerada vila após o foral atribuído por D. João II em 1486. Sobre o Castelo de Alandroal propriamente dito, Monumento Nacional desde 1910, existe pouca informação. O reduzido tamanho do castelo dá-lhe algum encanto, com destaque para as torres e a porta com mármore da região.

Castelo de Redondo

Redondo, terra de vinho e olaria, deve provavelmente o seu nome ao penedo redondo que se encontrava dentro do amuramento medieval primitivo. A povoação teve formação administrativa em 1250 através de foral concedido por D. Afonso III. Mas seria D. Dinis a ordenar a construção do Castelo de Redondo, do qual ainda restam seis torres. Duas delas são proteção da Porta da Ravessa, que deu nome a um conhecido vinho alentejano.

visita guiada alentejo redondo
Tour Alentejo – Castelo de Redondo

Castelo de Valongo

O Castelo de Valongo tem origem muçulmana e a sua conquista terá acontecido pouco tempo após a de Évora em 1165. Foi reconstruído no século XV, altura em que terá sido adicionada a Torre de Menagem. Parte da atração deste castelo que faz parte do nosso roteiro é a sua localização, isolado no meio de terrenos agrícolas e perto de um pequeno lago.

tour alentejo castelo valongo
Tour Alentejo – Castelo de Valongo

Roteiro dos Castelos do Alentejo – Preços e condições

Preços
A partir de 230 € por viatura.
O tour é feito num carro clássico histórico (até 4/5 pessoas) ou numa carrinha de 7 lugares.

Estes são alguns dos nossos mais de 30 carros, cada um disponível periodicamente para fazer o tour dos castelos no Alentejo!

  • Os nossos tours são completamente particulares (não integrará nenhum grupo a não ser com os seus próprios amigos/familiares) e poderão ser alterados em função das suas preferências
  • Todas as visitas serão acompanhadas por um guia
  • Possibilidade de iniciar o tour desde Lisboa ou de outra povoação do Alentejo (solicite orçamento)
  • O tour é feito por um operador turístico parceiro do Visitevora, a quem nos associámos por considerarmos ser uma opção de excelência neste tipo de tours

Preencha o formulário de contacto para reservar, colocar-nos questões ou sugerir outro passeio no Alentejo. Até já!

Partilhe esta página com um amigo! Desafie-o a vir fazer connosco esta rota dos castelos do Alentejo!

Veja também

tour alentejo campo serra

Passeios com guia nos campos do Alentejo

Um passeio com guia nos campos do Alentejo dá-nos a conhecer os segredos guardados pelos …