Início / Guia prático / Turismo / Turismo em Évora e no Alentejo
Turismo Evora
Fonte das Portas de Moura e Sé Catedral de Évora

Turismo em Évora e no Alentejo

Turismo Evora
Fonte das Portas de Moura e Sé Catedral de Évora
O slogan das campanhas publicitárias do Turismo do Alentejo dos últimos tempos tem sido “Alentejo, Tempo para ser feliz”. A julgar pelas estatísticas, muitos viajantes acreditaram e aproveitaram a sugestão para fazer turismo em Évora e no Alentejo.

Mas o melhor mesmo é não acreditar apenas na palavra dos alentejanos em relação ao que o Alentejo tem para oferecer a todo o tipo de turistas. Se pesquisar um pouco, vai perceber que nos últimos tempos a região tem sido referenciada nacional e internacionalmente como um destino único.

Para 2014, a reputada revista de viagens da National Geographic, na publicação de novembro de 2013, considerou a região do Alentejo como um dos 21 destinos mundiais de visita obrigatória. O destaque deveu-se ao “ritmo lento que é parte da atração” do Alentejo. A revista aconselha os viajantes a “relaxar, praticar a paciência e não olhar para o relógio”. Eu reforço o conselho.

Não podemos esquecer que a publicação da National Geographic sugere destinos que apenas “refletem o que é autêntico, culturalmente rico, sustentável e superlativo no atual mundo das viagens”. Descrição mais que justa para Évora e para o Alentejo.

A National Geographic considera ainda que o Alentejo é o “contraponto ideal entre Lisboa e o Algarve”. O que chama a atenção são as paisagens intermináveis, as pequenas vilas e aldeias medievais e as estradas com pouco trânsito, como convém numa viagem de turismo. Não são igualmente esquecidos os vinhos alentejanos e a gastronomia alentejana. Ah, a gastronomia!

Em Portugal, o Alentejo vai ser o “Destino Preferido da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo” em 2014. E, no ano anterior, foi premiado, pelo quarto ano consecutivo, com o título Melhor Região de Turismo Nacional na gala dos Publituris Portugal Travel Awards 2013.

Em relação à promoção, o filme “Alentejo, tempo para ser feliz” ganhou o Golfinho de Prata da categoria “Filmes de Turismo”, do Cannes Corporate Media & TV Awards de 2013.

Também o filme promocional “Rota Vicentina – Two Steps to Freedom” foi distinguido no mesmo ano, neste caso com o “Galo de Ouro”, o principal prémio atribuído a um filme turístico nacional, no Festival Internacional de Turismo ART&TUR. O Alentejo ganha prémios até na excelência da promoção.

A verdade é que nada acontece por acaso. As distinções constantes de Évora e do Alentejo devem-se não só a tudo o que a região tem para oferecer mas também à forma como tem sido promovida nos últimos tempos.

As últimas estatísticas sobre o perfil do viajante/turista de Évora e do Alentejo indicam que a esmagadora maioria pretende voltar e aconselharia, sem dúvida, uma visita aos amigos. Basta uma vez para ficar apaixonado… O melhor mesmo é vir até cá. Para explorar a cidade capital do Alentejo sozinho ou numa visita guiada em Évora.

Booking.com