Início / Alentejo / Vila Viçosa, a História de Portugal no Alentejo
Palacio Vila Viçosa
Palácio de Vila Viçosa e Estátua Equestre de D. João IV

Vila Viçosa, a História de Portugal no Alentejo

Vila Viçosa é conhecida como a “Princesa do Alentejo”. Apesar de pequena, é uma das mais preciosas e encantadoras jóias do Alentejo, uma “vila-museu”.

Deve-se o nome Vila Viçosa à fertilidade dos solos e aos encantos do seu território. Esta vila alentejana é a terra de uma das mais ilustres poetisas portuguesas, Florbela Espanca. A autora escreveu extraordinárias obras de arte da nossa literatura e foi pioneira do movimento feminista em Portugal. Conseguiu levar longe o então desconhecido nome da povoação.

Vila Viçosa é uma vila cheia de História, com um património riquíssimo e invejável criado pelo Homem ao longo dos séculos. Foi e continua a ser a Natureza que providencia a matéria-prima para a criação de variadíssimas peças de rochas decorativas. O destaque vai para o mármore, que há muito tempo tem um papel fundamental na economia do concelho.

O mármore da região, de qualidade superior e conhecido internacionalmente, abunda na região e é explorado e extraído das cerca de 160 pedreiras existentes. Um dos primeiros lugares a visitar em Vila Viçosa deverá ser, portanto, uma destas pedreiras. Assim perceberá como esta rocha é em bruto e como, depois de muito trabalho, chega até nós plena de beleza nas mais inesperadas formas. Mas, primeiro, vamos conhecer a origem da vila.

História de Vila Viçosa

Aqui, na bela vila de Vila Viçosa, a História faz-se de histórias, contada pelas igrejas, pelos conventos, palácios, museus e pelas próprias ruas e gentes. E, de facto, houve aqui momentos muito importantes, não só para o concelho, mas também para a História de Portugal.

Primeiramente, ao longo dos tempos, Vila Viçosa foi ocupada por, entre outros, romanos e muçulmanos. Conquistada em 1217 durante o reinado de D. Afonso II, recebe, em 1270, foral de D. Afonso III, que lhe atribuiu a categoria de vila. No século XIV, o Castelo de Vila Viçosa é mandado construir por D. Dinis.

igreja conceicao vila vicosa
Igreja Matriz de Vila Viçosa ou Antiga Igreja de Santa Maria do Castelo

Já no século XV, em 1461, a vila passou a fazer parte do Ducado de Bragança. No ano de 1500, D. Manuel I convida Jaime I a regressar à corte, restituindo-lhe os títulos anteriores.

A construção do Paço Ducal de Vila Viçosa, o mais emblemático monumento da povoação, teve início em 1502, a mando do Duque Jaime I de Bragança. Foi então que Vila Viçosa se tornou a sede do Ducado de Bragança.

Em 1640, João II, Duque de Bragança, aceita o trono de Portugal, tornando-se D. João IV e dando início à Dinastia de Bragança. Daqui para a frente, Vila Viçosa passou a ser a residência real de férias.

No ano de 1646, D. João IV ofereceu a coroa de Portugal a Nossa Senhora da Conceição. Esta foi a forma de agradecimento pela vitória portuguesa na Guerra da Restauração. Nossa Senhora da Conceição tornou-se assim Rainha e Padroeira de Portugal. Mais nenhum rei deste país usou a coroa a partir desta data.

No século XVIII, a vida em Vila Viçosa também foi abalada pelo Terramoto de 1755 e no início do século XIX a vila foi pilhada durante as Invasões Francesas.

Em 1910, com a Proclamação da República, Vila Viçosa entrou em declínio, muito por causa da vontade dos Republicanos em fazerem desaparecer todos os vestígios da Monarquia. No entanto, na década de 1930, com a exploração dos mármores e da abertura do Paço Ducal aos turistas, por vontade de D. Manuel II, Vila Viçosa ganhou nova vitalidade.

O que visitar em Vila Viçosa

Entendendo a importância que esta povoação teve para Portugal ao longo dos tempo, facilmente nos apercebemos de que há muito para visitar em Vila Viçosa.

Palácio Ducal de Vila Viçosa

O Palácio Ducal de Vila Viçosa… um esplendoroso palácio real, exemplar sem igual da nossa arquitetura e por isso de visita obrigatória. Aqui poderá apreciar “coisas” de rara beleza e que não mais esquecerá. Porquê? Primeiro porque é um edifício de estilo maneirista, com uma fachada totalmente revestida a mármore da região, com cerca de 110 metros de comprimento.

Paço Ducal Vila Viçosa
Paço Ducal de Vila Viçosa e jardim

Depois, porque são mais de 50 as salas abertas ao público, onde vai poder aprender muito sobre a história local e nacional mas sobretudo porque vai sentir que fez parte da História. Visitar o Palácio de Vila Viçosa é quase como entrar numa máquina do tempo. Sem precisar de a programar verá os séculos a passarem diante dos seus olhos.

As várias salas que vai poder visitar no Palácio Ducal de Vila Viçosa dão “guarida” a notáveis coleções de pintura, escultura, mobiliário, tapeçaria, cerâmica e ourivesaria, em diferentes núcleos museológicos:

  • a Armaria, que exibe as inúmeras coleções de armas da Dinastia de Bragança;
  • o Tesouro, com um vasto espólio em que se distinguem várias peças de ourivesaria valiosíssimas e exemplares magníficos de pinturas e tapeçarias, bordados a ouro e peças de cerâmica;
  • a Porcelana Azul e Branca da China, a mais expressiva coleção particular de porcelana chinesa da Península Ibérica;
  • os Coches e Carruagens pertencentes à Família real, incluindo também viaturas de gala dos séculos XIX e XX;
  • a Tapada Real, transformada pelos sucessores do 4º Duque de Bragança no maior espaço natural amuralhado do país, com uma fauna e flora riquíssimas, e que fazia as delícias da caça dos monarcas desta Dinastia.

Castelo de Vila Viçosa

Depois do Paço Ducal, o Castelo de Vila Viçosa. No interior das suas muralhas, na antiga capela gótica de Nossa Senhora do Castelo, pode encontrar o Santuário de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, padroeira de Portugal, com a sua imagem original. Uma curiosidade: as vestes ricas das rainhas e outras damas da Casa Real foram usadas para vestir a imagem da padroeira, desde 1820.

Castelo Vila Viçosa
Porta do Castelo de Vila Viçosa

Mesmo ao lado, no cemitério, repousam os restos mortais da imortal Florbela Espanca. Finalmente, ainda dentro do Castelo de Vila Viçosa, pode ir à descoberta do Museu da Caça e do Museu de Arqueologia.

No Museu da Caça pode encontrar uma fantástica e rica coleção que inclui várias espécies relativas à caça, de origem europeia e asiática. Pode ainda admirar os vários troféus de caça africanos e uma coleção de cerca de 200 armas. Este será o ponto alto da visita dos amantes da arte da caça.

Já o Museu de Arqueologia alberga um riquíssimo núcleo de peças arqueológicas de diversas épocas. Destas destacam-se um valioso espólio de peças romanas encontradas na região e alguns artefactos arqueológicos pertencentes à coleção pessoal do rei D. Luís I.

Cá fora, uma subida às muralhas do Castelo vai dar-lhe a oportunidade de ver do alto todo o circuito urbano da vila. Contemple a Praça da República, carregada de viçosas laranjeiras que espalham o seu perfume na atmosfera fresca de Vila Viçosa.

Outros lugares a visitar em Vila Viçosa

museu vila vicosa
Casa Museu Bento de Jesus Caraça

Se ficou curioso com os encantos de Vila Viçosa, quando cá vier não se esqueça também de visitar estes lugares.

  • Museu do Mármore
  • Igreja e Convento dos Agostinhos
  • Igreja de São João Evangelista
  • Igreja de São Bartolomeu
  • Igreja da Lapa
  • Cruzeiro de Vila Viçosa
  • Igreja e Convento dos Capuchos
  • Casa Museu Bento de Jesus Caraça
  • Museu Agrícola e Etnográfico
  • Porta do Nó
  • Porta da Vila
  • Pelourinho
Igreja Sao Bartolomeu Vila Viçosa
Igreja de São Bartolomeu

Para poder visitar tudo em Vila Viçosa e arredores sem pressas (não se esqueça que está em terras alentejanas) vai ter que ficar por uns dias, para recuperar forças para o dia seguinte porque vai haver sempre o que ver e descobrir.

Hotel em Vila Viçosa – Dormir onde se fez História

Onde ficar neste recanto do Alentejo? Pois… sugerimos-lhe a Pousada Convento de Vila Viçosa – D. João IV, ou Pousada do Convento das Chagas de Cristo. Será, sem dúvida alguma, uma experiência única e histórica, uma ponte entre o presente e o passado.

Antigamente Real Convento das Chagas de Cristo, datado do século XVI, pertenceu à casa do Duque de Bragança. Foi D. Jaime que o mandou construir no ano de 1514 com o objetivo de ser o Panteão das Duquesas de Bragança, a segunda casa mais poderosa de Portugal, sendo que a primeira era a Casa Real.

Em 1535 foi ocupado pelas clarissas do Mosteiro de Nossa Senhora da Conceição de Beja, que ali se recolheram. Algumas eram jovens nobres, outras, filhas bastardas, nascidas de relações extraconjugais.

Este Convento acabou por se transformar num dos mais prósperos e opulentos espaços de oração do país, devido às muitas doações que recebeu, apesar do despojamento característico de lugares como este.

pousada vila vicosa
Pousada de Vila Viçosa – D. Joao IV

Hoje em dia a Pousada ainda preserva marcas daquela época, de modo a proporcionar ao visitante um ambiente cheio de significados tradicionais e sacros, claro. Nos seus quartos, antigas celas, retiros e oratórios, pode ver imortalizadas as lendas encantadas dos tempos em que as clarissas aí se retiravam para rezar.

Este é um local onde todos os dias poderá percorrer um caminho diferente e cheio de surpresas para chegar ao seu destino, o quarto, o restaurante… ou outro. Nestes percursos aproveite para ver com atenção os frescos e azulejos que decoram as paredes.

 Escolha o seu alojamento nesta lista de hotéis em Vila Viçosa 

A qualidade e variedade da gastronomia do Alentejo, mais particularmente desta região, podem ser consideradas uma arte, algo que não pode deixar de experimentar. Precisa que lhe adocem ainda mais os sentidos? Prove, então, a doçaria calipolense, por exemplo, as conhecidas e muito apreciadas “Tibornas”.

Venha até cá! Venha à descoberta da História em Vila Viçosa! As gentes do concelho terão todo o gosto em recebê-lo como se fosse dos seus.

Sugestão de passeio
vila vicosa camposAo visitar o Alentejo em Vila Viçosa vai ver bonitos campos de sobreiros. Conheça o montado mais de perto fazendo um dos nossos passeios de jipe ou caminhadas. Aprenda tudo sobre a cortiça na incrível paisagem da Serra d’Ossa e faça uma prova de vinho alentejano perto de Vila Viçosa.
Booking.com

Veja também

alentejo estremoz campos

Estremoz – visitar a histórica cidade branca do Alentejo

Estremoz é a “cidade branca” do Alentejo. Reconhece-se ao longe pelo seu casario branco, espalhado …