visitar alentejo
Venha visitar o Alentejo. Tantas maravilhas para encontrar...

O que visitar no Alentejo – 10 cidades e vilas encantadoras

Visitar o Alentejo significa descobrir sensações, sentir cada momento pausadamente apreciando a leve brisa, a comida local no prato e o vinho no copo, uma conversa com hospitaleiras gentes. Para além disso, visitar o Alentejo é igualmente o descobrir das tradições do artesanato e das festividades.

Mas todas estas experiências têm sempre um cenário. Seja no vasto património histórico ou em plena natureza. São imensas as propostas que fazemos para ajudar a decidir o que fazer no Alentejo e apreciar a região à sua maneira.

Mas o que visitar no Alentejo?

Atenção! Esta página não é uma lista de lugares escondidos no Alentejo. Eles estão bem à vista de qualquer viajante.

Aqui vai encontrar sugestões de cidades do Alentejo mas também vilas que representam alguns dos melhores lugares para fazerem parte do seu roteiro de viagem.

A verdade é que todas as nossas povoações têm a sua beleza, a sua singularidade e graça. No entanto, como o nosso tempo é finito, destacamos aqui um possível Top 10 – O que visitar no Alentejo. São “aquelas” povoações que não pode mesmo perder.

As restantes descobertas virão depois ao conduzir nas estradas alentejanas sozinho ou fazendo-nos companhia num dos nossos tours no Alentejo. Nestes, com a ajuda de um guia local ou anfitrião de experiências, revelamos-lhe segredos que não vêm nestas linhas ou mesmo nos livros.

Venha daí connosco! Traga a sua curiosidade e o desejo de registar memórias.

O que visitar no Alentejo? | As povoações mais bonitas

1 – Évora

Évora é considerada a capital do Alentejo. Depois de ter sido distinguida como património mundial pela UNESCO em 1986, todos os viajantes que vêm visitar o Alentejo querem descobri-la. Mas não se preocupe. Não há turismo de massas por aqui e o caráter deste lugar maravilhoso mantém-se intacto.

Évora é frequentemente usada como base para conhecer todo o Alentejo. Veja já as suas imensas opções de hotéis, guesthouses ou quintas em Évora e arredores.

Visitar Alentejo é sinónimo de visitar Évora. É nesta cidade-museu que encontrará uma parte importante do passado de Portugal. Ao seu olhar atento vão surgir os monumentos megalíticos dos arredores, os monumentos romanos, a arquitetura da era dourada da cidade (século XVI) que serviu de inspiração para a criação de cidades portuguesas no Brasil,… Estes vestígios da nossa história a tudo resistiram. Até ao grande terramoto de 1755.

Imperdíveis são… todos os recantos da cidade, as ruas e praças. Tal como o casario pintado de branco, as varandas que nos avistam e os azulejos portugueses que sempre quis ver de perto.

alentejo cidades evora
Um dos monumentos mais conhecidos do Alentejo, o Templo Romano de Évora, desde a Igreja dos Lóios.

A visitar em Évora

  • Templo Romano
  • Praça do Giraldo
  • Catedral de Évora (Sé)
  • Universidade de Évora (Colégio do Espírito Santo)
  • Igreja de S. Francisco
  • Capela dos Ossos
  • Palácio D. Manuel
  • Jardim Público (e Ruínas Fingidas)
  • Banhos Romanos
  • Câmara Municipal
  • Aqueduto da Água de Prata
  • Mouraria
  • Palácio Cadaval
  • Igreja dos Lóios
  • Paço de São Miguel (Palácio dos Condes de Basto)
  • Centro de Arte e Cultura – Fundação Eugénio de Almeida (e Casas Pintadas)
  • Museu de Évora
  • Vários outros museus (Convento dos Remédios – Espaço Museológico, Museu de Arte Sacra da Catedral de Évora, Museu do Artesanato e do Design – MADE, Museu das Carruagens, Museu do Brinquedo, Museu do Relógio, Casa da Balança)
  • Várias praças e portas da cidade (Santa Isabel, Moura, Avis,…)
  • Várias igrejas (Santo Antão, Graça, Carmo, Nossa Senhora dos Remédios, Senhor Jesus da Pobreza, Misericórdia, S. Vicente, S. Tiago, S. Mamede,…)

Nos arredores

  • Miradouro Alto S. Bento
  • Monumentos megalíticos (Cromeleque dos Almendres, Menir dos Almendres, Anta Grande do Zambujeiro)
  • Alcáçovas e os seus chocalhos património mundial UNESCO
Visitar Alentejo | Tour pelas histórias de Évora
visita guiada evoraEm apenas meio dia, desvendamos os segredos de Évora. Para quem gosta de ver lugares e perceber verdadeiramente a sua importância no passado e presente. O nosso guia local mostra o caminho pelas ruas desta cidade património mundial UNESCO.

Visitar Alentejo | O melhor dos produtos do Alentejo
visitar alentejo produtosNo Alentejo, a natureza tem ofertas maravilhosas para nós. Alguns dos mais fantásticos produtos alentejanos viajam pelo mundo. Venha experimentar o melhor do Alentejo.

2 – Elvas

Tal como Évora, Elvas também é Património da Humanidade UNESCO (2012). Esta honra foi-lhe concedida devido ao excelente estado de conservação do centro histórico, bem como às muralhas abaluartadas do séc. XVII, o Forte de Santa Luzia, o Forte da Graça e três fortins (São Pedro, São Mamede e São Domingos).

Todas estas estruturas visavam, a partir do século XVII, que esta cidade “Rainha da Fronteira” defendesse Portugal de possíveis invasões espanholas. Hoje em dia, continuam a ser das maiores e mais bem conservadas fortificações abaluartadas do mundo. Elvas é uma estrela com muralhas em forma de… estrela.

Razões não faltam para nos perdermos por esta cidade fronteiriça cujo riquíssimo património militar conta disputas de outrora. Mas também é magnífico o seu património religioso (igrejas, vários conventos e o santuário do Senhor Jesus da Piedade) e a arquitetura de um sem número de edifícios do centro histórico, entre palacetes, casas históricas e fontes. A diversidade dos estilos arquitetónicos abunda: Românico, Gótico, Manuelino, Barroco, Rococó.

que visitar alentejo elvas
Forte da Graça, um dos ícones de Elvas.

A visitar em Elvas

  • Praça da República
  • Aqueduto da Amoreira
  • Castelo de Elvas
  • Museu de Arte Sacra de Elvas (edifício da Casa do Cabido)
  • Casa da Cultura (antigo Paços do Concelho)
  • Torre Fernandina
  • Pelourinho
  • Porta do Tempre (e Arco do Dr. Santa Clara)
  • Catedral de Elvas (Igreja de Nossa Senhora da Assunção)
  • Várias outras igrejas (Domínicas, Santa Maria de Alcáçova, S. Pedro, Ordem Terceira de São Francisco, Salvador, São Domingos)
  • Convento de São Domingos
  • Museu Militar de Elvas
  • Museu de Arte Contemporânea de Elvas (MACE)
  • Museu Municipal de Fotografia de João Carpinteiro
  • Santuário do Senhor Jesus da Piedade

Nos arredores

  • Forte de Nossa Senhora da Graça
  • Forte de Santa Luzia
  • Fortaleza da Juromenha
  • Ponte da Ajuda
Visitar Alentejo | Tours a Elvas, Património Mundial UNESCO
tour elvasPropomos duas formas de visitar esta cidade alentejana perto de Espanha. Basta escolher quando vem e quanto tempo fica por cá.

3 – Monsaraz

A bela vila medieval de Monsaraz foi a vencedora da edição de 2017 na categoria “Aldeias Monumento” do concurso 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias. E está quase tudo dito sobre ela. Contudo, achamos essencial reforçar que Visitar Alentejo = conhecer Monsaraz.

Aqui, o tempo foi congelado pelos ventos que sopraram, ao longo dos séculos, pelas casas pintadas com branca cal e pelas muralhas de xisto que vislumbravam o Rio Guadiana e a fronteira com Espanha que defendiam. Hoje, tempo de paz, avista-se igualmente o deslumbrante Lago Alqueva (maior lago artificial da Europa).

O seu tamanho diminuto faz com que a verdadeira aliciante de desvendar Monsaraz seja… ver tudo! Percorra as muralhas e as ruas empedradas, uma a uma, até chegar ao castelo. Construído por D. Dinis, no século XIV, está classificado como Monumento Nacional.

Em dias em que consiga estar sozinho/a com a sua cara-metade, vão sentir que este é um dos lugares mais românticos do Alentejo. Demore-se e, depois, aventure-se pelas interessantes redondezas.

vila mais bonita alentejo Monsaraz
A rua principal de uma das mais bonitas vilas do Alentejo, Monsaraz.

A visitar em Monsaraz

  • Cerca muralhada e portas
  • Castelo
  • A vista!
  • Igreja Matriz de Nossa Senhora da Lagoa
  • Casa Monsaraz
  • Antigos Paços da Audiência
  • Casa da Inquisição
  • Igreja de Santiago
  • Cisterna
  • Capela de São João Batista

Nos arredores

  • São Pedro do Corval (maior centro oleiro de Portugal)
  • Cromeleque do Xarez
  • Museu do Azeite
  • Casa do Cante Alentejano
  • As margens do Lago Alqueva
Visitar Alentejo | Tour a Monsaraz
visitar monsarazSempre ouviu falar em Monsaraz e da paisagem que se vê lá do alto com destaque para o Lago Alqueva? Está na hora de seguir connosco a estrada até lá. Temos surpresas pelo caminho…

4 – Estremoz

Visitar o Alentejo para conhecer a sua história gloriosa passa certamente por viajar por Estremoz. O seu vasto e fotogénico património é testemunho de como esta cidade alentejana foi escolhida por reis e rainhas de Portugal para aqui passarem grande parte do seu tempo.

Na parte alta de Estremoz, onde encontramos o castelo desta que é uma das cidades mais bonitas do Alentejo, domina a imponência da fortificação e a vista. A Serra d’Ossa está de um lado, a parte baixa da povoação do outro. Quando descemos, destacam-se os espaços abertos das praças mas também a arquitetura dos edifícios.

Ao percorrermos as ruas compreendemos a razão para que chamem a Estremoz “cidade branca”. Vê-se na cor do casario, como é tradicional no Alentejo, mas também se deve à presença do mármore que a terra nos oferece, correspondendo a 90% da produção de Portugal (segundo maior exportador mundial).

Igualmente notáveis nesta cidade alentejana são os Bonecos de Estremoz, considerados património mundial UNESCO. Em mais de 300 anos, surgiram acima de 100 figuras diferentes em barro que esta arte fez nascer para honrar as vivências rurais ou urbanas do dia-a-dia dos alentejanos.

vista Estremoz alentejo
Vista dos campos em redor de Estremoz desde o topo do castelo.

A visitar em Estremoz

  • Castelo de Estremoz e as suas belas portas (Santo António, Santa Catarina, Nossa Senhora dos Mártires, Évora)
  • Pousada do Castelo de Estremoz e a Torre de Menagem (suba ao topo!)
  • Rossio Marquês de Pombal
  • Café Águias D’Ouro
  • Convento das Maltesas (e o seu Claustro da Misericórdia)
  • Convento dos Congregados
  • Igreja de Santa Maria e Santiago
  • Igreja de São Francisco
  • Torre das Couraças
  • Fonte das Bicas
  • Lago do Gadanha
  • Capela de Nossa Senhora dos Mártires
  • Centro de Ciência Viva de Estremoz
  • Ateliers e lojas com “Bonecos de Estremoz”
  • Museu Municipal de Estremoz

Nos arredores

  • Adegas de afamados produtores de vinhos
  • Castelo de Evoramonte
  • Pedreiras de mármore visitáveis
Visitar Alentejo | Tours a Estremoz
visitar EstremozPela sua beleza e importância histórica, damos a conhecer Estremoz em alguns dos nossos tours.

5 – Vila Viçosa

Vila Viçosa, assim chamada devido aos seus encantos e à fertilidade das terras, também é conhecida como “Princesa do Alentejo”. Esta vila alentejana é a terra de uma das mais ilustres poetisas portuguesas, Florbela Espanca, pioneira do movimento feminista em Portugal.

Quem visitar o Alentejo e passar por aqui encontra as muitas pedreiras da região e o seu belo mármore no enorme património histórico de Vila Viçosa. A começar, obviamente, pelo Paço Ducal de Vila Viçosa (século XVI), o mais conhecido monumento. Viria a ser residência real de férias a partir do momento em que D. João IV ascendeu ao trono de Portugal, dando início à Dinastia de Bragança.

Devido à sua importância histórica, Vila Viçosa tem muitos outros vestígios do passado, desde igrejas e mosteiros ao imponente castelo, passando pelos imensos museus. E, claro, as suas ruas e praças, com o realce claro para a Praça da República e as suas emblemáticas laranjeiras, melhor avistadas desde o castelo.

visitar alentejo vila vicosa
Paço Ducal de Vila Viçosa e Estátua Equestre de D. João IV.

A visitar em Vila Viçosa

  • Palácio Ducal
  • Castelo, muralhas e portas (Nó e Vila)
  • Santuário de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa
  • Vários museus (Caça, Arqueologia, Mármore, Agrícola e Etnográfico, Estanho, Arte Sacra, Casa Museu Bento de Jesus Caraça)
  • Praça da República
  • Igrejas (São Bartolomeu, São João Evangelista, Lapa)
  • Igrejas e Conventos (Agostinhos e Capuchos)
  • Cruzeiro e pelourinho
  • Pousada Convento de Vila Viçosa (Real Convento das Chagas de Cristo)

Nos arredores

  • Pedreiras de mármore visitáveis
Visitar Alentejo | Roteiro dos Castelos do Alentejo
visitar alentejo castelosCom a abundância de castelos no Alentejo, faz todo o sentido conhecer as suas particularidades. Para além de Vila Viçosa, claro está, desvendamos os segredos das fortificações de Arraiolos, Evoramonte, Estremoz, Alandroal, Redondo e o desconhecido Valongo.

6 – Arraiolos

Arraiolos é, certamente, uma das vilas alentejanas mais conhecidas e também das mais visitadas. A proximidade de Évora e o pequeno desvio que há que fazer se chegar desde Lisboa ajuda. Mas quem vem já sabe as peculiaridades que vai achar.

São famosos os Tapetes de Arraiolos, uma marca no artesanato em Portugal. Esta arte iniciou-se, provavelmente, com os Mouros no século XII devido à abundância de lã na região e a uma já importante atividade têxtil. Sofrendo óbvias mudanças com o passar do tempo, os tapetes são bordados com lãs de cores variadas sobre uma tela de juta ou algodão. É na Rua Alexandre Herculano que encontramos o maior número de lojas que expõem belos exemplares. Na mesma rua encontramos a Igreja da Misericórdia e os seus magníficos azulejos, que só encontram beleza similar nos do Convento dos Loios, já à saída da vila.

Já o Castelo de Arraiolos é um dos poucos de arquitetura circular em todo o mundo. Tão distinta característica faz-se notar quando avistamos as bem conservadas muralhas exteriores desde a vila mas também quando entramos. O estranho cabeço do centro tem no topo o templo mais antigo da vila, a Igreja do Salvador, de origem românica, mais antiga que as próprias muralhas.

tapetes arraiolos
Tapetes na Pousada Convento de Arraiolos.

A visitar em Arraiolos

  • Castelo circular
  • Todo o centro histórico
  • Praça do Município
  • Igreja Matriz
  • Igreja da Misericórdia
  • Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos
  • Lojas de Tapetes de Arraiolos
  • Centro Interpretativo do Mundo Rural

Nos arredores

  • Pousada de Nossa Senhora da Assunção (Convento dos Loios)
  • Casa da Sempre Noiva
  • Igreja de Santana do Campo
  • Ecopista de Arraiolos (no seguimento da Ecopista de Évora)
Visitar Alentejo | Arraiolos
visitar arraiolosMuitos dos nossos tours no Alentejo passam por Arraiolos. Deixamos aqui duas sugestões que valorizam esta vila enquanto lugar destacado na região.

7 – Marvão

Quem visitar o Alentejo vai seguramente acabar por ir a Monsaraz. Marvão fica, injustamente, muitas vezes para trás porque as semelhanças são evidentes: castelos defensivos magníficos no alto de montes com vista sobre terras de Espanha.

Mas Marvão tem uma identidade única que torna uma visita obrigatória. Para começar, esta vila em pleno Parque Natural da Serra de S. Mamede está muito próxima dos céus, a praticamente 900 metros que dominam a impressionante paisagem.

Esta foi a única fortificação portuguesa que manteve a sua finalidade estratégica até ao século XIX. Por isso mesmo, é a mais rica quanto ao património histórico-militar das muralhas que vemos aqui desde que foram construídas (séculos XIII e XVII). Podemos percorrer as suas ruas envolventes mas também avistá-las desde o topo do impressionante castelo. Sem dúvida que a rocha é dominante. Porém, as casas brancas continuam a mostrar orgulhosamente que fazem parte do Alentejo.

castelo alentejo marvao
Castelo de Marvão com a Serra de S. Mamede ao fundo.

A visitar em Marvão

  • A vista!
  • Muralhas circundantes e as entradas (Portas da Vila, Postigo do Torrejão, Portas de Rodão)
  • Todas as ruas e a forma harmoniosa como as casas combinam com o xisto e o granito das rochas
  • Castelo
  • Jardim de Marvão
  • Pelourinho manuelino
  • Casa da Cultura (antigos Paços do Concelho)
  • Igrejas (Matriz, São Tiago, Espírito Santo)
  • Museu Municipal de Marvão (antiga Igreja de Santa Maria)

Nos arredores

  • Igreja do Espírito Santo e Convento de Nossa Senhora da Estrela
  • Ruínas romanas da Cidade de Ammaia
  • Toda a envolvente da Serra de S. Mamede, perfeita para caminhadas e descoberta de maravilhosas cascatas
  • Alameda dos Freixos (EN 246-1), provavelmente a estrada mais bonita do Alentejo
  • Monumentos medievais como antas e menires
  • Vários chafurdões, necrópoles alto-medievais e ermidas
  • Praia fluvial de Portagem

8 – Castelo de Vide

Castelo de Vide está envolvida num ambiente romântico com a Serra de São Mamede como pano de fundo. As fontes, os jardins e a verdejante vegetação deixam-nos adivinhar que, aqui, o clima de extremos do Alentejo se tornou ameno. Estas características valeram-lhe o título de “Sintra do Alentejo“.

Não admira, pois, que Castelo de Vide deva estar no topo das prioridades da sua lista com o que visitar no Alentejo. Chegados ao centro que é a Praça D. Pedro V, vemo-nos rodeados de edifícios marcantes. Depois, é uma questão de seguirmos pela vila adentro, sempre a subir, para deixarmos o seu charme adensar-se em nós.

Voltamos à época medieval, neste caso, com o realce de uma das mais bem preservadas judiarias que existe para visitar em Portugal. O som da água das fontes e a sua frescura tornam memorável este dia a explorar o Alentejo.

castelo vide
A linda vila de Castelo de Vide, com Marvão ao fundo, à esquerda, no topo do monte.

A visitar em Castelo de Vide

  • O castelo e a vista sobre a planície e a serra
  • Fonte da Vila e Fonte da Mealhada
  • Praça D. Pedro V
  • Edifício dos Paços do Concelho
  • Igreja Matriz Santa Maria da Devesa
  • Igreja de São João
  • Várias outras igrejas (São Salvador do Mundo, Santo Amaro, Nossa Senhora da Alegria, São Roque), o Antigo Convento de São Francisco e a Capela de Santo António
  • Casa Amarela
  • Toda a Judiaria (sobretudo a Antiga Sinagoga e o museu)
  • Casa do Arçário, Casa de Mouzinho da Silveira, Casa de Matos, Casa do Prior

Nos arredores

  • Parque Natural da Serra de São Mamede
  • Ermida de Nossa Senhora da Penha
  • Vestígios do megalitismo como a Anta da Melriça e o Menir da Meada
Visitar Alentejo | Tour Alentejo e Centro de Portugal
visitar alentejo centro portugalAceite o desafio para fazer algo mais do que visitar o Alentejo. Partimos de Évora e passamos por Evoramonte, Estremoz, Portalegre, Marvão e Castelo de Vide no primeiro dia. Depois, seguimos para o maravilhoso centro de Portugal (incluindo Fátima e Sintra).

9 – Alegrete

Tal como as duas anteriores povoações a visitar no Alentejo, Alegrete fica em pleno Parque Natural da Serra de São Mamede, concelho de Portalegre. Esta localização e a altitude de cerca de 500m dão-lhe uma posição privilegiada para avistar toda a bela calmaria que a circunda. Razão suficiente para tão animado e prazeroso nome.

Atualmente em ruínas, o castelo é rei do monte. Antes de chegarmos ao cume ainda temos de vencer a íngreme pendente, serpenteando pelas claras e imaculadas casas com coloridas faixas. As suas paredes contrastam com os gatos que nos saúdam constantemente e a panóplia de vasos de flores em certos recantos.

Alegrete pode muito bem ser o ponto de partida para visitar um Alentejo diferente, em que as improváveis cascatas da Serra de S. Mamede se deixam achar. Boas explorações!

vilas alentejo alegrete
Torre do Relógio, em Alegrete.

A visitar em Alegrete

  • Castelo
  • Igreja Matriz
  • Capelas (São Pedro e Misericórdia)
  • Torre do Relógio
  • Coreto

Nos arredores

  • Todo a Serra de S. Mamede
  • Cascatas (Pego do Inferno, Cabroeira, São Julião)

10 – Mértola

Já bem a sul, muito perto das fronteiras com o Algarve e mesmo com Espanha, Mértola mostra-nos como visitar o Alentejo nos traz sempre surpresas. Aqui esteve, ao longo dos séculos, um dos mais importantes portos fluviais do Mediterrâneo. Foi, por isso, de extrema importância para o comércio de Fenícios, Cartagineses, Romanos, Visigodos, Mouros e mesmo já os Portugueses dos séculos XVI e XVII. Já no final do século XIX, a prosperidade chegou novamente com a exploração do minério da Mina de S. Domingos.

Os barcos que subiam o Rio Guadiana foram assim determinantes para o desenvolvimento de Mértola, que culminou em interessantíssimos vestígios dum passado de grandes civilizações. Por ter sido a capital de um pequeno emirado islâmico independente, a Taifa de Mértola, o aqui rico património muçulmano sobressai claramente pois este desapareceu em tantos outros lugares de Portugal ao ser destruído e convertido após a Reconquista Cristã. A Igreja Matriz de Mértola, de arquitetura islâmica e religião católica, é um excelente exemplo.

Todo o centro histórico de Mértola é um lugar misterioso que lembra as medinas do Norte de África. As ruas apertadas protegem-nos do sol enquanto subimos o monte. Chegados ao castelo, conquistamos a vista mais sublime sobre o rio e os irregulares campos.

bonitas vilas alentejo Mertola
A fotogénica vila de Mértola e o rio Guadiana.

A visitar em Mértola

  • Centro histórico e suas belas ruas e pequenas praças
  • Castelo
  • Igreja Matriz
  • Convento de S. Francisco
  • Torre Couraça
  • Torre do Relógio
  • Museu de Mértola (dividido por núcleos: Basílica Paleocristã, Oficina de Tecelagem, Casa de Mértola, Igreja Matriz, Alcáçova e Casa Islâmica, Castelo, Núcleo Museológico de Alcaria dos Javazes, Forja do Ferreiro, Arte Islâmica, Arte Sacra, Casa Romana, Ermida e Necrópole de S. Sebastião, Mosteiro)

Nos arredores

  • Parque Natural do Vale do Guadiana
  • Mina de S. Domingos
  • Casa do Mineiro (em S. Domingos, outro núcleo do Museu de Mértola)
  • Cascata do Pulo do Lobo
  • Praia da Albufeira da Tapada Grande
Visitar Alentejo | Tour Alentejo Interior, Alentejo Litoral e Algarve
visitar portugal mertolaO que lhe propomos é partir de Évora (Lisboa ou outro local) em direção a sul. No primeiro dia, visitamos Monsaraz (perto do Lago Alqueva), as ruínas da Mina de São Domingos e Mértola antes de chegar ao Algarve interior e depois ao mar. Depois percorremos todo o litoral algarvio até chegar à costa alentejana, que subiremos até Lisboa.

Visitar o Alentejo mais além

Terminado este Top 10 – O que visitar no Alentejo, muitas outras cidades, vilas e aldeias ficaram por referir. Por isso, deixamos ainda outras sugestões para uma exploração mais demorada da região ou para quando voltar depois de se sentir conquistado pelas nossas terras.

Alto Alentejo – Alter do chão, Avis, Crato, Portalegre

Alentejo Central – Alcáçovas, Mora, Montemor-o-Novo, Viana do Alentejo, Terena

Baixo Alentejo – Beja, Odemira, Moura, Porto Covo, Serpa, Sines, Vila Nova de Milfontes

Sempre que sentir vontade de abraçar a omnipresente natureza do Alentejo, saia das povoações. Existe todo um mundo novo e apaixonante para desvendar.

  • Quintas e alojamento em turismo rural
  • Lago Alqueva e suas margens
  • A costa alentejana desde a península de Troia até ao Algarve, com destaque para o Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina

Ficamos felizes se visitar o Alentejo se tornou agora mais fácil para si. Esperamos vê-lo por cá tão breve quanto possível.

Hotel Evoramonte